Transmissão ao vivo: III Seminário Local do NOMEAR – Grupo de Pesquisa Fenomenologia e Geografia

“Identidades” – 14 de setembro de 2016

 

O NOMEAR – Grupo de Pesquisa Fenomenologia e Geografia, sediado na Faculdade de Ciências Aplicadas/Unicamp, promoverá, no próximo dia 14 de setembro, seu III Seminário Local. O evento ocorrerá na FCA/Limeira e contará com transmissão on-line, ao vivo. As inscrições podem ser feitas aqui.

Acesse o link para assistir ao Seminário: http://www.fca.unicamp.br/stream/

Abaixo, o cartaz com a programação do evento:

14192597_1454387811255089_7827690223760020682_n

 

 

II Seminário Local do Grupo de Pesquisa Fenomenologia e Geografia

 

O NOMEAR – Grupo de Pesquisa Fenomenologia e Geografia, sediado na Faculdade de Ciências Aplicadas/Unicamp, promoverá, no próximo dia 03 de julho, seu II Seminário Local. O objetivo dos seminários é ampliar o diálogo com a comunidade científica a partir destes eventos, onde os integrantes do grupo e convidados proferem palestras e apresentam trabalhos, resultados de suas pesquisas.

O II Seminário Local do Grupo de Pesquisa Fenomenologia e Geografia ocorrerá na FCA/Limeira, as inscrições serão realizadas na data e local do evento e contará com transmissão on-line, ao vivo.

Navegue neste site para mais informações sobre as demais atividades do grupo de pesquisa, eventos já realizados e seus integrantes . Para saber mais sobre o nosso II Seminário clique aqui. Abaixo, o cartaz com a programação do evento:

 

Programacao II seminario local - 03-07-2015 jpeg (1)

 

 

Curso Epistemologia do Pensamento Fenomenológico

Nos próximos dias 08, 15, 22 e 29 de agosto, nas dependências da Faculdade de Ciências Aplicadas (FCA/Unicamp), acontecerá o curso de difusão científica Epistemologia do Pensamento Fenomenológico, sob tutela dos professores Eduardo Marandola Jr. e Fernanda Crisitina de Paula, com a seguinte ementa

A proposta fenomenológica de crítica à ciência moderna e a constituição de uma outra epistemologia (como ontologia), aberta para a compreensão do mundo da vida e do ser-no-mundo, existencialmente significado. Sua influência nas ciências humanas e sociais, provocando perspectivas humanistas da ciência orientadas pela compreensão dos fenômenos tal como se dão na experiência intencional e intersubjetiva. A fenomenologia como pensamento que permite repensar a relação entre os saberes e os seres, abrindo caminho para perspectivas científicas mais abertas e a promoção de uma ciência com valores humanistas. Aberturas e potencialidades para a compreensão do mundo contemporâneo, como uma outra ontologia, do ser e do conhecimento.

 

para maiores informações, inscrições (e suas exigências), datas e prazos, visite a página dedicada à oficina no site da Escola de Extensão da Unicamp (Extecamp) clique aqui.

Divulgação: GT Fenomenologias da experiência geográfica – XI ENANPEGE (Presidente Prudente, 2015)

Com promoção conjunta do Grupo de Pesquisa Geografia Humanista Cultural (CNPq/UFF), do Grupo de Pesquisa Fenomenologia e Geografia (CNPq/Unicamp), do Grupo de Pesquisa Território, Cultura e Representação (CNPq/UFPR) e do Grupo de Pesquisa RASURAS: Imaginação Espacial, Poéticas e Cultura Visual (CNPq/UFES) acontecerá, durante o XI Encontro Nacional da Anpege (de 9 a 12 de outubro de 2015, em Presidente Prudente, SP), o “GT 17 – Fenomenologias da experiência geográfica“.

GT 17: Fenomenologias da experiência geográfica

Com as transformações de toda ordem que temos vivido de forma mais intensa com a consolidação, desde os anos 1990, desta forma de globalização, tem havido uma série de “viradas” nas ciências humanas e sociais (espacial, linguística, cultural, etc.) em busca de aportes para compreensão de tais transformações. Estas viradas também atingem a geografia, reforçando a busca por filosofias que permitam compreender estas mudanças. Entre estas, a fenomenologia tem recebido interesse renovado por parte dos geógrafos. Isso porque a geografia e a fenomenologia buscam, por caminhos diferentes, o mesmo fim: a compreensão da experiência humana sobre a Terra. Este entendimento tem servido de fundamento para investigações teóricas e empíricas em diferentes temas que perpassam a experiência geográfica de mundo, ou, simplesmente, a experiência do ser-no-mundo. Esta é uma perspectiva teórico-metodológica que compreende os fenômenos geográficos a partir de sua manifestação na experiência, em sua dimensão existencial e epistemológica. A experiência é, portanto, o campo onde os símbolos, as identidades, as imagens e as imaginações se manifestam. Mas ela é também o fundamento epistemológico de investigação de uma geografia orientada pela fenomenologia. Esta, no entanto, não é unívoca, apresentando diferentes caminhos para se construir possibilidades de investigação geográfica. Como um pensamento heterodoxo, pode-se dizer que há tantas fenomenologias quanto fenomenológos. No entanto, todos passam ou centralizam sua reflexão na experiência, seja em sentido metodológico seja por permitir repensar a experiência contemporânea.

O objetivo deste Grupo de Trabalho é promover a discussão das possibilidades abertas pela fenomenologia (em sua multiplicidade interna e em seus diálogos com outras filosofias, como o pós-estruturalismo, o existencialismo, a hermenêutica, etc.) para a compreensão da experiência geográfica. Serão priorizados trabalhos que problematizem os fundamentos teóricos desta relação, de natureza epistemológica, além de trabalhos de investigação compreensiva de temas/problema a partir destes aportes.

Coordenadores
Eduardo Marandola Jr. (Unicamp)
Sylvio Fausto Gil Filho (UFPR)
Antonio Carlos Queiroz Filho (UFES)
Alessandro Rosaneli (UFPR)

As submissões de trabalhos iniciaram no último dia 06 e seguem abertas até 04 de maio de 2015.

As normas para as submissões podem ser encontradas na primeira circular divulgada pela organização do XI ENANPEGE. Para baixar a circular, clique neste link.

ENANPEGE 2015

I Seminário Local do Grupo de Pesquisa Fenomenologia e Geografia

O Grupo de Pesquisa Fenomenologia e Geografia, sediado na Faculdade de Ciências Aplicadas/Unicamp, inicia, neste ano, uma nova modalidade de atividades: Seminário Local. O objetivo do seminário é ampliar o diálogo com a comunidade científica a partir deste evento, onde os integrantes do grupo e convidados proferem palestras e apresentam trabalhos, resultados de suas pesquisas.

O I Seminário Local do Grupo de Pesquisa Fenomenologia e Geografia ocorrerá na FCA/Limeira, as inscrições serão realizadas na data e local do evento e contará com transmissão on-line, ao vivo.

Navegue neste site para mais informações sobre as demais atividades do grupo de pesquisa, eventos já realizados e seus integrantes . Abaixo, o cartaz com a programação do evento e o link para a transmissão ao vivo:

Cartaz_I Seminario Local_Final